2º Festival de Inverno será virtual e reunirá orquestras de Indaiatuba/SP

Google+PinterestLinkedInTumblr+

Depois do sucesso da primeira edição, realizado entre os dias 5 a 21 de julho de 2019, o Festival de Inverno de Indaiatuba está de volta. No entanto, em 2020 o evento será online e reunirá a Orquestra Sinfônica de Indaiatuba, o Quarteto Guarany, da Camerata Filarmônica de Indaiatuba, e a Corporação Musical Villa-Lobos, em concertos virtuais que acontecem entre 18 de julho a 1º de agosto.

“O Festival de Inverno foi criado em 2019 para complementar outros dois grandes eventos realizados em Indaiatuba no mês de julho: o Passo de Arte e o Festival Gastronômico Sabores da Terra”, recorda a secretária de Cultura, Tânia Castanho. “A primeira edição foi um grande sucesso e recebeu milhares de pessoas, com gastronomia de primeira e grandes atrações no palco, de diversos gêneros musicais”.

Em 2020, o Festival de Inverno acontecerá virtualmente, com o objetivo de assegurar a proteção dos direitos culturais da população durante a situação de emergência em saúde, em virtude das ações de combate à pandemia de Covid-19. “Optamos por abrir a programação para a Orquestra Sinfônica de Indaiatuba, o Quarteto Guarany, da Camerata Filarmônica de Indaiatuba e a Corporação Musical Villa-Lobos, que possuem uma agenda pré-definida de apresentações ao longo do ano”.

Por fim, a secretária convida toda a população a conferir os concertos virtuais. “Nossas orquestras realizam um trabalho de excelência e vêm mantendo uma rotina de trabalho e ensino que são referência”, ressalta Tânia. “Por isso, Indaiatuba e região estão convidadas a conferir estes concertos virtuais”. As apresentações serão disponibilizadas no site da Prefeitura de Indaiatuba, por meio do Cultura Online em www.indaiatuba.sp.gov.br/cultura-online/.

Confira abaixo a programação e detalhes do seis concertos virtuais que integram a edição 2020 do Festival de Inverno de Indaiatuba:

18 de julho, às 20h – Orquestra Sinfônica

Abrindo o Festival de Inverno, a Orquestra Sinfônica de Indaiatuba, sob a direção do maestro Paulo de Paula, apresenta um concerto sinfônico com grandes clássicos da música erudita. A orquestra, que dessa vez se apresenta com os naipes de cordas, sopros e percussão, executa obras de Brahms, Tchaikovsky, Strauss e Bizet.

19 de julho, às 19h – Quarteto Guarany

O Quarteto Guarany, formado pelos chefes de naipe da Camerata Filarmônica de Indaiatuba, traz para o Festival de Inverno o concerto Opera Gala. Para esta apresentação, o quarteto se transforma em quinteto de cordas e recebe a soprano Thayana Roverso para interpretar as mais belas árias de ópera e canções compostas pelos brasileiros Carlos Gomes e Heitor Villa-Lobos.

A solista já se apresentou nas principais casas de ópera do Brasil e Itália, e também como solista em concertos com a Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas, Orquestra Sinfônica Brasileira, entre outras.

Estarão presentes trechos instrumentais como as aberturas das óperas Bodas de Fígaro, de Mozart, O Barbeiro de Sevilha, de Rossini, O Morcego, de Strauss II, o Intermezzo da ópera Cavalleria Rusticana, de Pietro Mascagni, e mais. A direção artística e regência fica a cargo da maestrina Natália Larangeira.

Violino I: Alexandre Cruz

Violino II: Mimi Ambiel

Viola: Hellen Mizael

Violoncelo: Sabrina Passarelli

Contrabaixo: Gustavo Mazon Finessi

Soprano: Thayana Roverso

25 de julho, às 20h – Quarteto OSI

Coldplay, Oasis, Cazuza, One Republic, são alguns artistas que integram o repertório escolhido pelo Quarteto de Cordas da Orquestra Sinfônica de Indaiatuba (OSI). Jéssica Benedecte, Ricardo Sander, Daniele Benedecte e Sérgio Ribeiro recebem ainda as participações especiais do percussionista Juninho Andrade e do violonista Henrique Torres, em um programa com releituras de sucessos do pop rock e da MPB.

26 de julho, às 19h – Orquestra Jovem

Celebrando os 50 anos do Movimento Armorial, criado por Ariano Suassuna em 1970, a Orquestra Jovem de Indaiatuba apresenta um concerto especial com muita cultura brasileira. O programa conta também com a participação da atriz Maira Cardoso, que interpreta o cordel de Fátima Fílon, escrito especialmente para esta homenagem.

O diálogo entre o antigo sertão pernambucano com a música do compositor Ernani Aguiar – que transita por vários ritmos nordestinos – em conjunto com as imagens da cultura local e das xilogravuras de cordel exibidas durante a apresentação, atenuam ainda mais as cores do “Brasil Armorial”.

31 de julho, às 20h – Corporação Musical Villa-Lobos

A Corporação Musical Villa-Lobos (CMVL) traz um repertório eclético para atender aos mais variados gostos musicais. No programa, Fantasia em 6/8 do violonista José R. Burbano; da autêntica música de Banda, vem o dobrado Hei de Vencer e a marcha The Thunderer, composta em 1889 pelo maestro norte-americano John Philip Sousa.

Na sequência vem Birdland, peça de jazz/pop composta em 1977, seguido por um medley com as seguintes músicas da banda Coldplay: Clocks, Paradise e Viva La Vida. Para os amantes da música brasileira, destaque para Noites Cariocas, composição de Jacob do Bandolim.

Encerrando o concerto virtual, a Villa-Lobos executa arranjo do maestro assistente Tiago Roscani para Penny Lane, dos Beatles. Para quem gosta de cinema, o The James Bond Theme, de Monty Norman, será executado com arranjo de Jan Van Kraeydon para banda sinfônica.

Por fim, com participação do Quinteto de Sopros da CMVL, vem a imortal melodia de Cinema Paradiso, em homenagem ao maestro Ennio Morricone, que morreu no último dia 6 de julho.

1º de agosto, às 20h – Orquestra Sinfônica

Fechando o evento, a Orquestra Sinfônica de Indaiatuba apresenta concerto em homenagem a grandes mestres da Música Popular Brasileira, com participação especial das cantoras Camila Foroni e Bruna Takeuti. A orquestra relembra grandes joias como Arrastão; Maria, Maria; O Bêbado e a Equilibrista, entre outros. Os arranjos são de Emanuel Massaro e a direção artística é do maestro Paulo de Paula.

Fonte: Jornal Períscópio

Compartilhe.

Deixe uma resposta

2 × 5 =