Conservatório promove live com o músico Sérgio Morais

Google+PinterestLinkedInTumblr+

O Conservatório de Música de Sergipe (CMSE) receberá, na amanhã (25), o músico Sérgio Morais para a live “Papo de Flautista”. O evento será realizado às 18h30, por meio do Google Meet, e terá como mediadores os professores Erica Rodrigues e Wolfgang Ribeiro. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas pelo link: https://forms.gle/uRMGPp3wZWA8QNBD7

Os participantes que desejarem tocar devem preencher a ficha de inscrição como “Participante Ativo”. O link de acesso à sala do Google Meet estará disponível na bio do Instagram do Conservatório de Música: @conservatoriosergipe, no dia do evento.

Para o diretor do CMSE, Heitor Mendonça, a unidade de ensino tem prestado um relevante serviço, levando eventos como esse para toda a sociedade. “O Conservatório de Música de Sergipe vem desenvolvendo estratégias de ensino a distância e de interação social com nossos alunos e toda a comunidade durante o período de pandemia. Com esse objetivo, temos realizado eventos diversos em nossas redes sociais, como Lives, Masterclasses, Workshops, Oficinas e Encontros, que ocorrem com a participação entusiasmada da nossa comunidade escolar”, declarou.

Neste mês de setembro o Conservatório de Música de Sergipe já realizou, por neio da página do Instagram (@conservatoriosergipe), o projeto “Conversa Com…”, que teve como convidado o trompetista Tiago Linck, solista da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre. Houve também a Aula Live com o professor Davysson Lima; o Master Class de Flauta Transversal, com Marco André, solista da Orquestra do Teatro São Pedro e professor de flauta da FAMOSP; e o Recital On-line “De Casa, em Casa”, com alunos de canto da professora Nalini Menezes.

Sérgio Morais

O flautista Sérgio Morais concluiu o Curso Técnico de Flauta Transversal na Escola de Música de Brasília. Já participou de festivais das classes de Odette Ernest Dias e Jean-Nöel Saghaard (França-Brasil), José Ananias, Marcos Kiehl, Eduardo Monteiro, Toninho Carrasqueira, Carlos Malta, Eduardo Neves e Wendy Rolfe.

Primeiro flautista contrabaixista do Brasil, Morais desenvolve um trabalho especial na música brasileira com esse instrumento. Participou como artista da 41ª Convenção Anual da National Flute Association em New Orleans (EUA), tocando flauta contrabaixo na Orquestra de Flautas das Américas e na Orquestra de Flautas da ABRAF.

Professor da Escola Brasileira de Choro Raphael Rabello em Brasília desde 2000, participou como docente de vários festivais e oficinais no Brasil e exterior, como a Oficina de Música de Curitiba, Festival de Música de Londrina, Festivais da ABRAF e ACOFLA (Costa Rica).

Em 2012, participou do último show de Altamiro Carrilho no Clube do Choro de Brasília. Em 2020 foi convidado a integrar a Academia de Letras e Música do Brasil (ALMUB), tendo escolhido como patrono Altamiro Carrilho, um dos maiores flautistas da história do país.

Fonte: Seduc

Compartilhe.

Deixe uma resposta

quinze − quinze =