Guarulhos/SP ganha uma nova Orquestra Sinfônica

Google+PinterestLinkedInTumblr+

“Está dado o pontapé inicial. Tenho certeza de que Guarulhos terá muito orgulho de sua Orquestra Sinfônica”. Com estas palavras, o maestro João Carlos Martins, reconhecido mundialmente por seu trabalho como músico e arranjador, saudou a nova GRU Sinfônica e agradeceu o convite para ser o patrono desse projeto da prefeitura de Guarulhos.

A Orquestra GRU Sinfônica foi apresentada à população na quinta-feira (26), no auditório do Centro Municipal de Educação e Artes (Cemear), ocasião, na qual o prefeito Guti (Gustavo Henric Costa), acompanhado do secretário de Educação, Paulo Matheus e do secretário de Cultura, Vitor Souza, anunciou o nascimento da nova orquestra e do Programa Música nas Escolas, que vão intensificar o cenário musical da cidade, ampliar a série Orquestra no Bairro e oferecer vagas aos alunos da rede municipal de ensino para o aprendizado de música erudita.

Guti enfatizou que a cidade está no caminho certo, mostrando que com planejamento e vontade política é possível fazer acontecer. “Este é um programa perene, que ficará de legado para as próximas gerações”. Ainda segundo o prefeito, a parceria com a Câmara Municipal possibilitou criar a GRU Sinfônica através de lei municipal, institucionalizando o programa como política pública.

A GRU Sinfônica é uma iniciativa das secretarias de Educação e Cultura que, aliada à atividade da Orquestra Jovem, faz de Guarulhos referência para a música de concerto no Brasil. Serão oferecidas 50 bolsas, num investimento de R$ 1.756.080,00, o que significa dotar Guarulhos de uma orquestra do porte que poucas cidades do País têm condições de patrocinar. Uma iniciativa que desafia a atual conjuntura econômica e financeira vivenciada pelos municípios, Estados e pela própria União, que têm cortado investimentos em diversas áreas, em especial na cultura.

O Programa Música nas Escolas amplia a atuação dos Ateliês de Música e do Conservatório Municipal. Os professores dos ateliês e do conservatório serão supervisores desta atividade pedagógica, que será desenvolvida pelos instrumentistas da GRU Sinfônica. Inicialmente serão oferecidas aulas coletivas de música para 10 mil alunos de dez escolas-polo, em curso de iniciação com duração de um ano. Os alunos interessados em prosseguir na sua formação têm ingresso garantido no Conservatório Municipal, abrindo uma nova oportunidade para que sigam a carreira artística.

As escolas escolhidas para integrar essa fase do programa são as EPGs Cora Coralina, Cerqueira César, Sílvia de Cássia, José Maurício, Terezinha Mian, Pastor Sebastião Luiz da Fonseca, Euclides da Cunha, Pixinguinha, Celso Furtado e Chico Mendes.

Um cronograma para a implantação do projeto já está sendo analisado. A previsão é que as inscrições para os músicos interessados em integrar a nova orquestra sejam abertas ainda este mês e o processo seletivo deverá ser concluído até o final de outubro.

“As orquestras precisam fazer parte do ambiente social em que estão inseridas. Acredito que orquestra é um organismo vivo vibrante, e que há muito a descobrir com relação a esse fantástico universo sonoro. Felizmente encontrei recentemente um grupo fantástico de pessoas que compartilham destas crenças. Está sendo possível dar um passo importante nesta caminhada”, disse o maestro Emiliano Patarra, avisando que a GRU fará seu primeiro concerto no dia 8 de dezembro.

Fonte: Com informações da prefeitura

Compartilhe.

Deixe uma resposta

2 × 5 =