Inscrições abertas para a 18ª turma do curso de Técnicas e Boas Práticas para Regentes do Orquestrando São Paulo

Google+PinterestLinkedInTumblr+

As inscrições para a 18ª turma do curso de Técnicas e Boas Práticas para Regentes do Orquestrando São Paulo estão abertas e podem ser feitas pelo site: https://orquestrando.sesisp.org.br/. As aulas começarão no dia 3 de agosto.

A seleção para os novos alunos é feita levando em consideração alguns requisitos, tais como se a pessoa possui algum tipo de formação musical e se ela está/esteve/estará à frente de um grupo musical.

Iniciado em 2017, o curso já recebeu mais de 2000 alunos e como a demanda por novas vagas é grande, o número deve chegar a 3000 até o final de 2020.

O curso foi desenvolvido pelo maestro Edson Beltrami, regente da Orquestra Sinfônica do Conservatório de Tatuí, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento na formação dos maestros e é totalmente gratuito e de forma online.

Com noções para desenvolver uma estratégia de marketing com pouco dinheiro, como envolver a comunidade no trabalho da orquestra e como fazer a capacitação de recursos para manter as atividades da orquestra, o curso é composto por três módulos online e ministrado em uma plataforma intuitiva com monitoria para sanar possíveis dúvidas. O material didático conta com videoaulas, textos, partituras e exercícios práticos, oferecendo aprimoramento dos conhecimentos musicais.

No final do curso, todos os participantes aprovados recebem certificado emitido pelo SESI-SP.

Luca Araújo é o novo tutor do curso

A partir dessa edição, o curso terá como tutor o maestro Lucas Araújo, que iniciou seus estudos aos 10 anos, como trombonista e, hoje, destaca-se como um dos principais regentes da nova geração nacional.

Araújo estudou com o maestro Roberto Tibiriçá, a regente americana Marin Alsop e é formado pela Academia da Regentes da OSESP. Em 2018, foi finalista no prêmio Jovem Regente da Orquestra Sinfônica de Minas Gerais. Atualmente, é maestro da ABC Brass, Grupo de Metais do ABC Paulista

“Estou muito contente em contribuir para a formação de regentes que fazem dos seus projetos um grande legado para a cultura deste País. O Orquestrando SP supre uma grande necessidade de formação de regentes, ampliando os horizontes do cargo e capacitando líderes de orquestras, bandas e coros nas regiões mais distantes dos grandes centros do Brasil. Um projeto como este só poderia sair da mente brilhante do grande Maestro João Carlos Martins”, conclui o tutor.

 

 

Compartilhe.

Deixe uma resposta

11 − um =