Orquestra Filarmônica inicia ensaios no campus de Botucatu/SP

Google+PinterestLinkedInTumblr+

Por meio da música, projeto do Instituto de Biociências busca integrar comunidade interna e externa à universidade

A Orquestra Filarmônica do Instituto de Biociências (IBB) da Universidade Estadual Paulista (Unesp), do campus de Botucatu, ensaiou os primeiros acordes no Espaço IB Eventos, no dia 14 de outubro. A iniciativa, que tem apoio da Fundação do Instituto de Biociências (Fundibio), é gratuita e aberta a qualquer pessoa da comunidade local.

De acordo com os organizadores da iniciativa, para participar, basta ter conhecimento teórico e prático, de nível básico ao avançado, em instrumentos de orquestra, como de cordas, sopro ou percussão. Os ensaios ocorrem no local às 17h das segundas-feiras.

“Vejo claramente um aspecto muito positivo desse projeto, no sentido de promoção de coletividade. Claro que queremos que isso contamine alunos e professores de toda Unesp de Botucatu. Mas não é um projeto apenas para a universidade, mas sim para toda a comunidade”, enfatiza o diretor do IBB, Cesar Martins.

Ao lado de outros membros da Comissão Acadêmico Musical de Integração (CAMI), o docente recebeu das mãos da vereadora Alessandra Lucchesi uma moção de congratulações pela formação do grupo musical.

Desenvolvimento

O professor Mário de Oliveira Neto, diretor da Fundibio, é um dos integrantes da comissão. Para o docente, a criação da orquestra possui um caráter extensionista, que busca fortalecer os laços entre comunidade e universidade, além de contribuir para o desenvolvimento técnico de músicos da região.

“A música sempre foi presente em minha vida, não somente pelo prazer de ouvi-la, mas pela possibilidade de compreendê-la. A formação da orquestra reforça que essa paixão não é só minha. Trata-se de uma paixão coletiva, que deixou de ser um sonho pessoal e se tornou um sonho de todos nós”, salienta.

A Filarmônica tem regência da maestrina Renata Ortiz de Villate, regente titular da Orquestra Pró Cultura de Vinhedo e da Orquestra Jovem do Colégio Visconde de Porto Seguro. Segundo ela, a ideia é oferecer oportunidade principalmente àqueles que nunca ou pouco tiveram contato com orquestras.

“O primeiro ensaio sempre é uma surpresa. Mas fiquei muito feliz com os músicos. Eles estão quase no mesmo nível e isso ajuda muito no trabalho. Voltei para casa já com o repertório montado na minha cabeça para a nossa amostra em dezembro e sei que a orquestra tem muito potencial. Vamos crescer juntos”, projeta.

Inscrições

As inscrições para integrar a Orquestra Filarmônica do Instituto de Biociências são permanentes. Basta preencher um formulário eletrônico, que pode ser acessado pela internet. Os currículos são analisados e os testes passam a ser agendados de acordo com a necessidade.

Apoio

Empresas e parceiros interessados em contribuir com o fortalecimento da Orquestra Filarmônica do Instituto de Biociências da Unesp devem entrar em contato com a Fundibio pelos telefones (14) 3880-0858/0860.

Fonte: Governo do Estado

Compartilhe.

Deixe uma resposta

cinco × um =