Orquestrando o Brasil

Google+PinterestLinkedInTumblr+

Tendo como símbolo o maestro e pianista João Carlos Martins, o projeto Orquestrando o Brasil lança oficialmente um portal de informação e integração que pretende conectar músicos e orquestras espalhadas pelo país. Essa plataforma digital visa disseminar conteúdos, oferecer capacitação para regentes e músicos, além de ser uma ferramenta para a troca de conhecimento.

O portal estabelecerá um contato diário com os milhares de profissionais e amadores da música que desenvolvem, a duras penas, projetos locais. Incluindo corais, bandas e orquestras, construindo uma relação permanente e online de suporte e informação, tendo como objetivo principal apoiar para que, a partir dos recursos humanos e físicos de cada comunidade, os envolvidos possam liderar um movimento de expansão ou consolidação da música local.

Essa nova ferramenta digital servirá para a disseminação da cultura e do conhecimento, oferecendo notícias e vídeos de capacitação técnica e artística, além do treinamento necessário para que os regentes e coordenadores também se tornem agentes mobilizadores da sociedade, coordenando apoios locais e ampliando o acesso das suas comunidades à cultura.

Além disto, permitirá o contato diário entre os milhares de participantes envolvidos que serão apoiados pela equipe de especialistas do projeto.

O Orquestrando o Brasil é uma parceria da FUNDEC e da Fundação Banco do Brasil. A iniciativa é uma expansão do Orquestrando São Paulo, projeto que tem a parceria do SESI-SP e FIESP, há dois anos, com mais de70 orquestras integrantes e capacitado mais de 200 regentes.

“O sonho de Villa-Lobos era fechar o Brasil em forma de coração através da música, mas naquela época ele não dispunha da TV e da Internet. Agora, estamos unindo forças para realizar este sonho, que passou a ser meu também”, afirmou João Carlos Martins. “Queremos formar um exército de maestros, mostrar a sua importância fazendo uma grande transformação social através da música”, concluiu.

Compartilhe.

Os comentários estão fechados.