Ciclo das Quintas – Concerto no Teatro Municipal marca início de espetáculos musicais em Boa Vista/RR

Google+PinterestLinkedInTumblr+

O projeto Ciclo das Quintas abriu a temporada de eventos do Instituto Boa Vista de Música (IBMV) de 2020 em grande estilo, com o melhor da música clássica. O espetáculo aconteceu nesta quinta-feira, 5, na sala Teatro Escola do Teatro Municipal de Boa Vista, com a presença de músicos, estudantes e apreciadores da música erudita.

A Orquestra de Câmara entrou no palco com nove músicos, coordenado pelo professor Rafael Dommar. Ele foi o responsável pela escolha do repertório, que incluiu obras como “Serenata N.1 em Mi Maior para cordas” (Antonín Dvořák), “Adagio para Cordas em Sol maior” (Tomaso Albinoni), “Palladio – Concerto Grosso para Cordas” (Karl Jenkins) e “Libertango” (Astor Pantaleón Piazzolla).

“Foi um repertório preparado para um grande começo musical e cultural que vai marcar a história do Estado. Estamos trazendo ao público grandes estilos com obras ainda não tocadas aqui. Este é o início de um grande momento do instituto, que vai ampliar o conceito da música clássica”.

O diretor musical do IBMV, Beany Cabrera explica que além de um novo repertório, o instituto inicia o ano com novidades. “Este primeiro evento do ciclo traz estreias de obras tocadas pela primeira vez aqui no estado. Esse ano temos alguns professores novos que ingressaram na orquestra e o repertorio esse ano vai abranger outros instrumentos novos, também pretendemos fazer grupos de madeiras e metais além de percussão”.

Valeska Regina Rodrigues, 26, é mestranda em Recursos Naturais e apreciadora da música erudita. Sempre que tem oportunidade ela participa dos encontros do Ciclo das quintas.

 “É muito gratificante está aqui. A música clássica sempre cativa as pessoas, principalmente aquelas que são apreciadores do estilo. Eu gosto muito e sou motivada desde criança com as artes de cartuns de vários desenhos artísticos. O Teatro Municipal tem incentivado muito essa cultura e isso é muito bom”.

O Ciclo vai ocorrer todas as primeiras e terceiras quintas-feiras do mês, com programação no Teatro, levando música e cultura para a população. “A música tem o poder de transformar vidas, trazer à tona sentimentos e mais emoção e é isso que nós incentivamos’, destaca a violinista e professora da Orquestra de Câmara, Augusta Pacheco, 26.

Fonte: Portal da Prefeitura de Boa Vista

Compartilhe.

Deixe uma resposta

1 × 5 =